You are currently viewing SP começa a aplicar 4ª dose da vacina contra covid em abril

SP começa a aplicar 4ª dose da vacina contra covid em abril

O estado de São Paulo prevê o início da aplicação da quarta dose da vacina contra a covid-19 em 4 de abril, afirmou hoje o coordenador-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus estadual, João Gabbardo. A estratégia foi definida após reunião do Programa Estadual de Imunização realizada ontem.

“No dia 4 de abril, São Paulo começa a vacinar as pessoas com mais de 60 anos. Esse vai ser o primeiro grupo a ser vacinado com a quarta dose”, disse Gabbardo, em entrevista à CNN Brasil. A faixa etária é a única prevista para receber a quarta dose da imunização até o momento, que poderá ser aplicada quatro meses após a 3ª, informou Gabbardo.

“No momento, nós não temos ainda nenhum outro grupo para fazer previsão [de receber a 4ª dose]. Decidimos iniciar com 60 anos. Tem também outra condição que é ter feito a terceira dose há mais de 4 meses”, explicou.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou na quarta-feira (9) que o estado irá aplicar a quarta dose da vacina contra covid-19 em toda a população, “independentemente de recomendação do Ministério da Saúde”, mas não tinha dado um prazo para a aplicação.

O anúncio abriu uma nova crise entre a gestão estadual e federal. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou a fala de Doria e indagou sobre a viabilidade da ação. O secretário da saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, rebateu as críticas e pediu “respeito” à decisão.

Segundo João Gabbardo, a prioridade continua sendo imunizar os paulistas que estão com a segunda dose atrasada, além daqueles que ainda não buscaram a terceira dose — número que chega a 10 milhões no estado.

Paralelo a isso, ele explicou que a aplicação da quarta dose terá primeiramente o foco em idosos, pois este é o perfil dos pacientes que estão internados neste momento por complicações da covid-19.

“Voltamos a encontrar uma predominância das pessoas com mais de 60 anos nos hospitais. Então, esse grupo, que já tem um tempo de vacinação mais prologando, terá prioridade nessa vacinação a partir do dia 4 de abril”, disse.

O restante do mês de fevereiro e boa parte de março será usado para tentar “resgatar” a população que está atrasada com o esquema vacinal, assim como concluir a vacinação das crianças, afirmou o coordenador-executivo.

“Já vamos começar a segunda dose das crianças. As que fizeram no início da programação, já estão quase no momento de fazer a segunda dose”, apontou Gabbardo.

Fonte: Uol Notícias