You are currently viewing Estado de SP começa aplicar dose de reforço de vacina contra Covid-19

Estado de SP começa aplicar dose de reforço de vacina contra Covid-19

São Bernardo do Campo e Guarulhos seguirão agendas alinhadas ao Governo do Estado

O governo do estado de São Paulo anunciou na última, 17, que passará a aplicar a dose de reforço contra a Covid-19 a partir de hoje para o público elegível.

A medida, anunciada durante coletiva de imprensa, segue orientação do Ministério da Saúde, que determinou nesta terça-feira, 16, a redução de intervalo para dose adicional e ampliação da faixa etária de quem deve receber a 3ª dose da vacina contra a Covid-19.

Para receber a dose de reforço é preciso já ter completado o esquema vacinal há 5 meses e ter 18 anos ou mais, desta forma, 710 mil pessoas no estado de São Paulo estarão elegíveis para receber a dose adicional.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PNE), Regiane de Paula, a terceira dose será aplicada com o imunizante que estiver disponível no momento – incluindo a Coronavac, que foi descartada pelo Ministério da Saúde para a dose de reforço.

“O imunizante [para terceira dose] é aquele que estiver disponível na unidade. Pode ser a Pfizer, pode ser a Coronavac e até mesmo a AstraZeneca. Então, a terceira dose é feita com a dose que estiver disponível.”

Conforme adiantou a CNN, o Ministério da Saúde estabeleceu que as vacinas da AstraZeneca, Pfizer ou até mesmo Janssen deverão ser usadas como reforço no esquema vacinal.

Entre os anúncios, o governo de SP informou que 56% dos hospitais do estado já não têm mais pacientes internados por Covid-19.

São Bernardo do Campo e Guarulhos

A Prefeitura de São Bernardo liberou a aplicação da terceira dose contra a Covid-19 para a população adulta, já na última quarta-feira, 17/11. O intervalo adotado será o mesmo do Governo do Estado.

“Seguimos alinhados com o Plano Estadual de Imunização no combate à pandemia. A vacinação segue surtindo o efeito esperado, com redução de internações e mortes, que é nosso maior objetivo. Por isso não estamos medindo esforços para que toda nossa população esteja protegida”, declarou o prefeito Orlando Morando.

Já em Guarulhos, a ampliação da dose adicional da vacina será realizada em duas etapas. A primeira tem início nesta sexta-feira, 19, com a liberação da dose de reforço para grupos prioritários.

Os grupos contemplados neste primeiro momento são aeroviários, indígenas, metroviários, motoristas e cobradores de ônibus, pessoas com idade igual ou superior a 18 anos portadoras de deficiência em Residência Inclusiva (RI), pessoas com deficiência, população em situação de rua, portuários, quilombolas, e trabalhadores da educação e da segurança.

Na próxima quarta-feira, 24, a dose adicional será liberada para todas as pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, com ou sem comorbidades, independente do imunizante aplicado, que tenham tomado a segunda dose até junho, ou seja, há cinco meses.

Gestantes e puérperas

Até o presente momento não há contraindicação de aplicação de dose adicional para gestantes ou puérperas, desde que esta seja realizada com as vacinas Coronavac ou Pfizer.

Fonte: CNN Brasil / Abc do Abc / Guarulhos Online