Rastreabilidade e detecção na produção de alimentos

Rastreabilidade e detecção na produção de alimentos

Em um mercado cada vez mais competitivo, onde os diferençais dos produtos vão além de seus atributos de marketing e o consumidor passa a exigir (e preferir) produtos que contenham ingredientes naturais e formulações menos nocivas à sua saúde, falar da rastreabilidade para a cadeia de alimentos parece ser quase uma redundância.

O objetivo é garantir que todos os envolvidos na cadeia de produção do alimentos vendidos nos supermercados em território nacional, coletem dados e informem a origem e o destino de seus produtos, permitindo que o consumidor tenha em mãos a segurança necessária para fazer sua escolha. É o chamado “um passo antes e um passo depois”, podendo em alguns casos agregar ainda informações importantes sobre o descarte do produto/embalagem para reciclagem correta.

Dessa forma, ocorrências de adulterações como as que foram vistas recentemente no mercado nacional em segmentos como leite, carne e derivados serão menores e mais fáceis de serem identificadas antes de se tornarem um problema de saúde pública. Porém, ainda não existe regulamentação para o assunto no Brasil, embora uma iniciativa de Autuação Regulatória esteja tramitando na ANVISA.

Por enquanto, todos os programas de rastreabilidade no Brasil são voluntários, o que não é suficiente para garantir a idoneidade na indústria. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) criou o programa “De Onde Vem?”, que fomenta o desenvolvimento e aplicação de legislação de rastreabilidade em alimentos no Brasil, as informações podem ser acessadas através do site do Instituto: https://idec.org.br e trazem dados importantes para que o consumidor possa se sentir mais seguro na escolha de seus alimentos e marcas.

VOCÊ SABIA QUE APENAS 0,06% DOS PRODUTOS VENDIDOS A GRANEL APRESENTAM ALGUMA INFORMAÇÃO RELEVANTE SOBRE PROCEDÊNCIA AO CONSUMIDOR?

Para a indústria de maneira geral, fica a tarefa de viabilizar tecnologias e soluções para facilitar o processo em toda a cadeia produtiva, seja através da instalação de equipamentos, sensores, ou capacitando os envolvidos a criar e gerenciar os dados necessários em cada etapa.

Fechar Menu